Cortador de unhas para gatos

cortador

 Gatos com as unhas compridas podem acabar machucando as pessoas e os outros animais. Assim, o ideal é sempre apará-las com o cortador de unhas até para o conforto dos pets, que se incomodam com elas muito longas.

As unhas dos gatos crescem como as nossas e devem ser aparadas de 15 em 15 dias, mais ou menos. Depende do quanto ele as gasta. Gatos que vivem ao ar livre gastam mais as unhas do que aqueles que vivem em apartamentos.

Aliás, caso seu gato viva solto, deixe as unhas mais compridas pois ele vai precisar para se defender das brigas a que está exposto na rua. Lembrando sempre que um gato na rua está exposto a muitos outros perigos além de brigas, contra os quais as garras não vão adiantar de nada. Então, por mais que você ache que seu bichano goste muito de passear, o ideal é deixá-lo sempre dentro de casa.

Mas atenção! Nunca, nunca opere as unhas de seu gato para que ele não possa mais arranhar nada. Há veterinários que fazem esse serviço mas é total crueldade com os bichinhos. O ato de arranhar é prazeroso para o gato e isso o relaxa e deixa ele mais feliz. Arranhar é uma necessidade fisiológica dos gatos, então, em vez de brigar com seu gatinho por arranhar o sofá, compre pra ele um bom arranhador e coloque em um lugar de destaque da casa.

Se não tem tempo para levar seu gato a cada 15 dias ao petshop para cortar as unhas pode fazer isso em casa. Assim também evita estressar demais o bichinho com tantas saídas de casa. A parte a ser cortada é somente a pontinha branca transparente. Caso nunca tenha feito isso antes, peça para um veterinário lhe ensinar. Muito cuidado para não cortar demais e acabar ferindo o bichano, pois a parte não transparente da unha, se cortada, começa a sangrar.

Também é muito importante ter o cortador certo para esse serviço. Não tente cortar com uma tesoura comum ou com seu próprio alicate de unha, pois vai mastigar a unha do gato e fica tudo lascado. O cortador de unhas para gatos e cachorros tem o corte arredondado para evitar farpas. Também não compre um cortador muito pequeno, daqueles do tamanho de tesourinha de bebê, pois só tem espaço para segurar com o polegar e o indicador, o que não dá firmeza e é muito ruim de acertar o ponto. Eu tinha um desse (por que era mais barato, óbvio) e penava tentando cortar as unhas dos gatos. É nessas que a gente acaba vendo que o barato sai caro, pois tive que comprar um novo e jogar aquele fora.

O ideal é um cortador de tamanho médio, de preferência com mola, com uma boa empunhadura. Tem que ter um cabo mais longo para que você possa segurar bem, como os exemplos apresentados aqui.

Enquanto seu gato ainda é filhote vá acostumando ele a ser contido. Ou seja, segure-o com firmeza e se ele tentar escapar, não deixe. Depois que eles crescem e ficam mais fortes aí vai ser mais difícil conseguir segurá-lo para cortar as unhas ou ser examinado, por exemplo.

Aqui em casa cortar as unhas da gatalhada é complicado. Cinco gatos não é fácil, tem que ser uma linha de produção. As unhas do Mingau e da Deedee eu consigo cortar sozinha porque eles são mais calmos. O Ronrom é assustando, então Ricardo me ajuda a segurá-lo. Já o Dexter e a Kitty são os piores, ficam mordendo e tentando fugir, só com ajuda mesmo pra cortar.

Creative Commons License
The Cortador de unhas para gatos by Gatos em Foco, unless otherwise expressly stated, is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Brazil License.

Deixe seu comentário

  1. Cortar as unhas da Annita é uma operação de guerra, que envolve estratégia: enquanto meu marido chama atenção dela e faz com que ela concentre a ira e as tentativas de ataque nas mãos dele, eu aproveito a distração pra ir cortando. rsrs
    O problema é que ela viveu boa parte da vida no apartamento em que eu morava com a minha avó. Lá era térreo, com uma área cimentada, quase um quintal. Como ela gastava as unhas, não precisava cortar.

  2. Para cortar a unha dos nossos é necessario um segurar o gato, com muita determinacao enquanto outro corta as unhas. Atividade estressante para todos os envolvidos. :)

  3. Taí algo que nunca fiz, cortas as unhas dos gatos, antes morava em casa com varanda e quintal, então os gatos tinham espaço p/ tudo e como aparar sozinho as unhas.

    Agora moro em apartamento mas também não corto, a gata apara sozinha, antes era em um tapete antigo, agora em algumas malas antigas. Todavia eu terei que ver logo uma forma de cortar, pois devo me livrar dessas malas.

  4. Pingback: Fique por dentro Gatos » Blog Archive » Cortador de unhas para gatos | Gatos em foco

  5. da primeira vez que fui cortar as unhas da minha gatinha eu pensei que ia ser quase impossivel, pq moro sozinho e sempre leio depoimentos de sofrimento em relação a isso mas fiquei surpreso pq ela ficou quietinha o tempo todo,deixou eu cortar todas as unhas de uma vez e nem pestanejou uma vez se quer. eu devo ter sorte ehuaehauhe

  6. É, não é mesmo tarefa fácil.
    Uma outra dica: quando preciso aplicar remédio (ela já teve otite), ou vermifugar, e cortar as unhas da minha gatinha, é enrolar ela numa toalha grande. Você imobiliza o bichano, e como a toalha é macia, não corre o risco de machucar você ou o seu pet. É uma boa dica pra quem tem que fazer isso sozinho. Minha tia que me ensinou a fazer isso.

  7. Adorei todos os comentários…me vi em muitos deles…meu Kiwi é bem levado…por falta de tempo e por estressar o bichano sair do aconchego do lar, tentei cortar as garrinhas dele com cortador de unha para humanos…desastre total…fiquei muito triste comigo mesma…o negócio é o cortador adequado…

  8. Na matéria você comentou que dois dos seus gatos são mais difíceis de cortar a unha, o meu não é nada fácil também, mas eu achei um jeitinho que dá um pouquinho de trabalho, mas me salvou e a ele também, não o deixa estressado e é confortável para mim, vez que tenho que cortar as unhas dele sempre sozinha. Prefiro cortar sempre próximo ao horário dele ir dormir, depois dele brincar bastante, faço uns cafunés, aconchego ele no meu colo, quando ele esta adormecendo inicio minha tarefa, sempre mantendo só ele no cômodo que estou, vez que tenho dois cachorros que convivem com ele e como eles não conseguem se ver sem estar se enroscando uns com os outros para brincar, prefiro um ambiente mais calmo, assim corto as unhas dele sem ele nem perceber direito, se ele começa a se agitar, eu paro e acalmo ele então recomeço tudo novamente!!! Não é fácil, mas acaba sendo prazeroso, pelo menos para mim… kkkkkk