Como fazer uma gatoca

No post sobre a portinha para gatos que a Bia escreveu para nós, uma leitora questionou o tamanho da abertura da porta, para saber se a abertura de 15x15cm  era suficiente para seus gatos passarem.

Como eu não tenho instalada umaportinha dessas em casa, fiquei pensando em como poderia testar se a abertura era suficiente para gatos grandes.

Então aproveitei a idéia que a assim e resolvi construir uma gatoca aproveitando caixas de papelão usadas e montando um playground para os bichanos.

Além de ser uma diversão garantida para os gatinhos, que adoram caixas, reutilizar caixas de papelão é uma atitude ecologicamente correta.

Descobri que Post da Ana Telma no Flickr – Reutilizar 15×15 cm são boas para gatos médios e se seu gato for mais idoso e muito grande, essa abertura é pequena. Todos meus gatos passam por uma abertura de 15×15, inclusive o Dexter, que é o maior. Caso tenha dúvida se seus gatos passam por essa porta, construir uma gatoca para teste é uma boa idéia.

Materiais necessários:

– 3 ou mais caixas de papelão  de tamanhos variados;

– fita larga;

– tesoura;

– régua;

– folha para recortar o molde.

Montagem:

Para construir uma gatoca, recorte primeiro em uma folha de sufite um molde de 15×15 cm.

Use o molde para recortar uma portinha a 5cm do chão na caixa maior e mais portinhas internas interligando as caixas menores umas nas outras. Na parte interna, recorte 3 lados do moldes em uma caixa e, na outra caixa para encaixar melhor, recorte também 3 lados, só que deixando o lado contrário sem cortar. Deixe em uma caixa o lado esquerdo sem contar e na outra caixa o lado direito sem cortar. Use essas abas para encaixar uma caixa na outra, prendendos nas laterais. Depois é só fixar tudo muito bem com bastante fita.

Dá bastante trabalho cortar as aberturas no papelão, mas com um pouco de paciência e boa vontade não é difícil de fazer.

Para fazer uma gatoca com 3 caixas eu uni duas e depois uni uma terceira nas duas, com duas aberturas, assim. Me perdoem as fotos borradas. Os gatos não paravam quietos pra tirar uma boa foto… Solte a imaginação e faça a gatoca com quantas caixas e aberturas quiser.  Pode colocar caixas em cima, do lado, uma seguida da outra, etc. De qualquer forma, se uma caixa já é divertida para eles, várias caixas então, é muito mais diversão!

Agora a minha gatoca já está toda detonada. Os gatos gostaram tanto que destruiram. Mingau principalmente adora afiar as unhas no papelão.

Nesse inverno está tão frio que coloquei a caminha deles dentro da caixa maior da gatoca. Assim, dormem todos dentro da caixa que é mais quentinho, pois o papelão segura o calor.

Leia mais:

Ginny, Mac e a portinha para gatos

Post da Ana Telma no Flickr – Reutilizar

Protegendo seu pet do frio

Como plantar erva de gato

Encontrei no supermercado erva seca que se compra em petshops, naquelas gondolas de sementes que tem nos mercados, sementes de Nepeta Cataria, também conhecida como catnip ou erva de gato, e resolvi comprar um pacotinho para experimentar plantar em casa.

Há aproximadamente dois meses, plantei as sementes em uma floreira a uma distancia de 2cm entre elas, com 1cm de profundidade, em terra adubada e arejada. Agora elas estão crescidas, como podem ver na foto acima.

Percebi que essas plantas gostam bastante de sol e as que pegavam mais sol, do lado direito, cresceram mais.

Basta regar sem encharcar demais a terra todos os dias para as plantinhas crescerem bem. O mais difícil foi manter os gatos longe das mudas, pois Mingau, Dexter e Deedee adoram comer as folhinhas.

Já a Kitty não gostou das folhinhas frescas, apesar de ela adorar a catnip seca.

Como essas plantas atingem 60cm de altura, acho que vou fazer um desbaste nelas, pois a floreira já está ficando pequena.

No pacote se recomenda o transplante das mudas para o vaso definitivo com 10cm de altura.

Agora que estou morando em um apartamento com uma boa varanda, é ótimo ter esse espaço para cultivar algumas platinhas. Além da erva-de-gato, plantei hortelã e alecrim e planejo plantar mais temperos por uma alimentação mais saudável.

É verdade que dá trabalho cuidar das plantinhas, afinal, são  mais seres vivos para você cuidar e elas não vão miar pedindo água. Além disso, elas precisam de muito sol e, dependendo do lugar em que você mora, vai ficar inviável plantar catnip.

E é verdade também que os benefícios compensam. Pois mexer com a terra faz a gente se conectar novamente com as nossas origens e é muito bom para a alma. Acompanhar de perto a natureza, ver as plantinhas crescendo, nessa nossa vida tão corrida, parece mágica.

Pode ser um pouco complicado encontrar as sementes de nepeta cataria para comprar em sua cidade. Comece procurando nos supermercados e nas agropecuárias. Existem alguns sites que vendem a semente pela internet, além de algumas pessoas que vendem pelo mercado livre. Infelizmente não posso indicar, pois não testei nenhum desses serviços.

Enfim, como já comentei em outro post, meus gatos adoram comer catnip seca. E agora sei que eles também adoram a plantinha fresca. Então, seja fresca ou desidratada, ofereça sempre catnip para seus gatinhos. É diversão garantida.

Mais teatro Brasil – Dou a maior força!

Hoje resolvi abrir uma exceção ao ‘foco’ do blog para participar de uma blogagem coletiva por uma boa causa: incentivo à cultura. Um tema que é, ou pelo menos deveria ser, do interesse de todos.

Hoje, dia 26 de abril de 2010, vários blogs estarão postando sobre a campanha Mais Teatro Brasil. Assim, vamos buscar atingir o maior número de pessoas e também podemos compartilhar várias visões de um mesmo tema.

A idéia da campanha é ajudar a colher o maior número possível de assinaturas para dar entrada no Congresso Nacional de um projeto de Lei de iniciativa popular para que seja obrigatória a construção de um “Centro Integrado de Cultura” em cada município, cuja população seja superior a 25 mil habitantes.

Um centro integrado de cultura é um espaço multicultural e funcional que, além de um teatro de qualidade, privilegia também as mais diversas formas de manifestações artístico-culturais, como: salas de cinema, biblioteca, salas de exposições, salas para eventos e palestras, espaços para cursos e oficinas de teatro, artesanato, etc.

Num país em que 95% da população nunca esteve em um teatro, essa iniciativa pretende dar uma reviravolta nesse número e possibilitar que todos tenha acesso a cultura e, assim, mudar nossa história.

Acesse www.maisteatrobrasil.org, clique em “Dou a Maior Força”, cadastre-se e assine a lista de adesão. Participe!

Retrospectiva Um ano de blog

Humm comida!

Então, vamos voltar à ativa! Esse ano o blog fez um ano e para comemorar solicitei o resgate dos bônus do nosso parceiro, o Petsupermarket. Fiquei muito feliz que o valor das comissões foi suficiente para comprar um saco de 10kg de ração Golden Gatos. Mingau, Dexter, Deedee e Kitty também ficaram felizes com o presente.

Muito obrigada a todos que prestigiam o blog e contribuíram para que isso fosse possível. Embora o objetivo do blog não seja lucrar e sim o compartilhamento de experiencias, é sempre bom um retorno que mostra que as pessoas estão gostando dos artigos.

Meus gatos adoraram a nova ração e uma coisa que notei neles depois que mudei para esse tipo de ração especial é que os pelos ficaram mais brilhantes e sedosos.

Um problema das rações comuns que encontramos no mercado é que elas tem muito corante e não são muito nutritivas. Se você tiver condição de oferecer ração premium para seu gato, recomendo. Embora sejam mais caras, o que você economiza em veterinário compensa. Claro, uma alternativa também saudável é voltar ao básico, ou seja, cozinhar para seu gato, mas alerto que isso dá bastante trabalho e deve ser muito bem balanceado. Excesso de comida industrializada não faz bem pra ninguém.

Ainda penso que os problemas renais que levaram meu Ronrom foram causados pelos excessos de corantes e conservantes das rações. Um ano se passou e o sentimento de perda continua o mesmo.

Fazendo uma retrospectiva do primeiro ano do blog, posso dizer que o artigo do Ronrom e o problema da insuficiência renal felina foi um dos mais acessados e a quantidade de testemunhos de pessoas passando pela mesma situação é grande. Obrigada a todos pelo apoio e carinho.

Mas tivemos muitas coisas positivas também, como o post sobre bebês e gatos e o mito da toxoplasmose que foi bem recebido e considerado esclarecedor.

Destaque para a participação de Claudia Regina e de  Gabby Canales que apresentaram seus bichanos adoráveis na seção gatos em foco. E muito bacana também a participação da Bia Kunze que escreveu sobre a portinha para gatos e fez até videozinho dos meus afilhados Ginny e Mac passando pela portinha. Obrigada meninas!

Agradecimento especial para o videoprodutor e webmaster do site, Ricardo Macari, que gentilmente apoia esse site e é meu socorro pra toda dificuldade.

Artigos mais visitados no ultimo ano:

1 – Efeitos online em fotos

2 – Fonte para gatos

3 – Acalmando seu pet

4 – Catnip – Erva dos gatos

5 – Sobre bebês e gatos: O mito da toxoplasmose

6 – Ginny, Mac e a portinha para gatos

7 – Cortador de unhas para gatos

8 – Ronrom

9 – Brinquedo feito em casa

10 – Limpando o ouvido de seu pet

Kitty e o aspirador

Screen shot 2013-02-23 at 11.25.04 PMCom quatro gatos em casa, é normal ter tufos de pelo rolando ao vento e o sofá ficar quase tão peludo quanto os donos originais dos pelos. Roupa preta então, nem dá pra usar.

Assim, um aparelho indispensável aqui em casa é o Petlover.

A maioria dos gatos tem pavor do barulho do aspirador: Mingau, Dexter e Deedee morrem de medo. É só ligar que eles saem correndo se esconder.

Falei em outro post de um livro: Os segredos dos gatos. Nesse livro tem uma dica interessante envolvendo o aspirador. Já que os gatos se assustam com o barulho do aspirador, você pode utilizar isso como corretivo para educá-los. O exemplo que a autora dá é quando você não quer que os gatos durmam no quarto com você e toda noite eles vêem miar e arranhar a porta querendo entrar. Então antes de dormir ligue o aspirador no botão e deixe ele do lado de fora da porta. Puxe o fio da energia para dentro do quarto, deixando à mão para ligar na tomada e feche a porta. Quando o gato vier arranhar a porta você liga na tomada e ele vai levar um baita susto e sumir. Repetindo algumas vezes se espera que ele associe o fato de estar arranhando a porta ao barulho do aspirador e não faça mais isso.

Usei essa dica algumas vezes aqui em casa: deixava o aspirador à mão na área dos gatos e quando eles começavam a brigar era só dar uma ligadinha no aspirador para eles pararem.

Mas a Kitty, ao contrário dos outros gatos, é apaixonada pelo aspirador. A gata simplemente ama que a gente aspire os pelos dela. Nem nos deixa aspirar a casa direito: se joga na frente do aspirador pra gente passar o bocal na barriga. Isso claro porque nenhum barulho a incomoda. (gata branca + olhos azuis = surdez genética)

O meu aspirador é um Eletrolux Trio. Já o tenho há uns 7 anos e funciona bem para aspirar o chão, tapetes, gata, etc (é o que aparece no vídeo abaixo). Entrei em contato com a Eletrolux pedindo pra me emprestarem o aspirador Petlover para fazer um review mas me disseram que não fazem isso… Bom, perderam a chance de terem um post somente sobre eles. Pelos vídeos parece um produto interessante. Tem dois bocais especiais (turbo e velcro) para aspirar pelos que podem ser comprados separadamente e a marca eu recomendo: nunca tive problemas com o meu.

Assista abaixo ao vídeo da Kitty  maluca pelo aspirador:

Caso esteja lendo por email, assista no site.